• Sei
  • rh bahia
  • Horário Funcionamento Protocolo

CEE/BA

03/05/2018 11:05

Conferência Estadual de Educação tem plenária lotada. Conselho participa ativamente do evento



Com cerca de 1.500 inscritos, vindos de todos os 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) do estado, teve início na manhã de hoje (03/05/2018) a Conferência Estadual de Educação da Bahia, que chega à sua terceira edição com grande destaque, apresentando em sua programação palestras e mesas de debate. O Conselho Estadual de Educação (CEE-BA) participa ativamente do encontro, com vários de seus Conselheiros e a presença de sua Presidente, Profa. Dra. Anatércia Ramos Lopes Contreiras, que participou da mesa de abertura (manhã) e também foi mediadora da Mesa II: “Planos Decenais e SNE: qualidade, avaliação e regulação das políticas educacionais” (tarde). O Secretário de Educação da Bahia, Valter Pinheiro, também participou do evento, compondo uma mesa de abertura de grande representatividade e que ainda contou com o Coordenador do Fórum Estadual de Educação da Bahia (FEEBA), anfitrião do evento, professor Marcius Gomes.

                                                                                                                                                             Foto: Divulgação
Presidente do CEE-BA, a professora Anatércia Contreiras fala à plenária da Conferência Estadual de Educação da Bahia


Com cerca de 1.500 inscritos, vindos de todos os 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) do estado, teve início na manhã de hoje (03/05/2018) a Conferência Estadual de Educação da Bahia, que chega à sua terceira edição com grande destaque, apresentando em sua programação palestras e mesas de debate. O Conselho Estadual de Educação (CEE-BA) participa ativamente do encontro, com vários de seus Conselheiros e a presença de sua Presidente, Profa. Dra. Anatércia Ramos Lopes Contreiras, que participou da mesa de abertura (manhã) e foi mediadora da Mesa II: “Planos Decenais e SNE: qualidade, avaliação e regulação das políticas educacionais” (tarde). O Secretário de Educação da Bahia, Walter Pinheiro, também participou do evento, compondo uma mesa de abertura de grande representatividade e que ainda contou, dentre outros, com o Coordenador do Fórum Estadual de Educação da Bahia (FEEBA), anfitrião do evento, professor Marcius Gomes. 

Toda a programação do evento acontece até amanhã no Hotel Fiesta (Itaigara, Salvador) e segue as diretrizes do Fórum Nacional de Educação. “As discussões são focadas em grandes blocos de ação, como Educação Básica, formação de professores, gestão democrática, Educação Superior, dentre outros. A Conferência Estadual tem, também, essa importância inestimável de realizar uma revisão daquilo que foi decidido e se cumpriu para a melhoria da Educação”, ressaltou o Subsecretário da Educação do Estado e membro do Fórum Estadual de Educação, Nildon Pitombo, outro que participou da mesa de abertura.


Com cerca de 1.500 inscritos, vindos de todos os 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) do estado, teve início na manhã de hoje (03/05/2018) a Conferência Estadual de Educação da Bahia, que chega à sua terceira edição com grande destaque, apresentando em sua programação palestras e mesas de debate. O Conselho Estadual de Educação (CEE-BA) participa ativamente do encontro, com vários de seus Conselheiros e a presença de sua Presidente, Profa. Dra. Anatércia Ramos Lopes Contreiras, que participou da mesa de abertura (manhã) e foi mediadora da Mesa II: “Planos Decenais e SNE: qualidade, avaliação e regulação das políticas educacionais” (tarde). O Secretário de Educação da Bahia, Walter Pinheiro, também participou do evento, compondo uma mesa de abertura de grande representatividade e que ainda contou, dentre outros, com o Coordenador do Fórum Estadual de Educação da Bahia (FEEBA), anfitrião do evento, professor Marcius Gomes.

                                                                        Fotos: Div./Claudionor Júnior/SEC/Ascom
O Secretário da Educação, Walter Pinheiro (centro); a Presidente do CEE-BA, Anatércia Contreiras; 
e o Coordenador do FEEBA, Marcius Gomes


Em sua fala, o Secretário Walter Pinheiro destacou, mais de uma vez, a importância em se definir políticas públicas discutidas e referenciadas pela sociedade. “Isso porque esse grande desafio que é a educação não pode ficar submetido a um prefeito, a "um governador ou mesmo a um presidente. Precisamos construir, para a educação, políticas de Estado, nunca políticas de governo. Por isso é que defendemos que se decidir sobre educação sem discussão com a base é um equívoco. Por isso é que fazemos questão de estarmos aqui, juntos, todos nós, nesta conferência”.

Presidente do CEE-BA, Anatércia Contreiras enfatizou o significado e a abrangência do encontro, principalmente levando-se em conta o momento singular pelo qual passa o país. “A Conferência Estadual de Educação da Bahia tem um significado importante para a realização da Conferência Nacional de Educação porque representa a consolidação das proposições dos municípios, portanto do estado, sobre a educação, tendo em vista ações que estejam orientadas para o avanço da qualidade nos âmbitos municipal, estadual e nacional. O Conselho Estadual reconhece o esforço da Secretaria Estadual de Educação da Bahia, dos Fóruns Municipais e do FEEBA para a realização das Conferências Municipais, das Conferências Livres e da Conferência Estadual. Foi um grande desafio o cumprimento da obrigação legal emanada do Plano Nacional de Educação (Brasil, 2014), do Plano Estadual de Educação da Bahia (Bahia, 2015) e Planos Municipais. Na atual conjuntura nacional, marcada por um cenário desolador, desfavorável à educação - considerando-se os cortes de investimentos do governo federal, a restrição aos programas de inclusão social e a retirada de direitos historicamente conquistados -, os debates devem ser valorizados pela possibilidade de constituírem espaços de crítica e de resistência. Urge reafirmar em espaços de debates, como o das conferências de educação, a discussão sobre temas que são pautas obrigatórias, a exemplo de: Planos Decenais de Educação e Sistema Nacional de Educação, BNCC, Financiamento da Educação, Formação de Professores, Valorização dos Profissionais da Educação, Direitos Humanos, Diversidade, Inclusão Social e Justiça Social”.

O encontro em Salvador acontece após serem realizadas conferências municipais em mais de 300 municípios baianos. Toda essa preparação subsidia e credencia os representantes dos diversos municípios, presentes à conferência estadual. “Estamos realizando a maior conferência de educação estadual do país”, dimensionou Marcius Gomes, do FEEBA.


Com cerca de 1.500 inscritos, vindos de todos os 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) do estado, teve início na manhã de hoje (03/05/2018) a Conferência Estadual de Educação da Bahia, que chega à sua terceira edição com grande destaque, apresentando em sua programação palestras e mesas de debate. O Conselho Estadual de Educação (CEE-BA) participa ativamente do encontro, com vários de seus Conselheiros e a presença de sua Presidente, Profa. Dra. Anatércia Ramos Lopes Contreiras, que participou da mesa de abertura (manhã) e foi mediadora da Mesa II: “Planos Decenais e SNE: qualidade, avaliação e regulação das políticas educacionais” (tarde). O Secretário de Educação da Bahia, Walter Pinheiro, também participou do evento, compondo uma mesa de abertura de grande representatividade e que ainda contou, dentre outros, com o Coordenador do Fórum Estadual de Educação da Bahia (FEEBA), anfitrião do evento, professor Marcius Gomes.

Casa cheia: representantes dos 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) do estado se fizeram presentes ao evento

 

Participam da Conferência Estadual de Educação representantes da Secretaria da Educação do Estado, do Fórum Estadual de Educação (FEEBA), do Conselho Estadual de Educação (CEE), da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME), do Legislativo Estadual, do Legislativo Federal, do Ministério Público, do Tribunal de Contas do Estado, da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), da Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação (ANFOPE), da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), da União Nacional de Estudantes (UNE), Movimento Negro, Movimento Indígena e Educação do Campo. (Com informações da SEC/Ascom) 


Com cerca de 1.500 inscritos, vindos de todos os 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE) do estado, teve início na manhã de hoje (03/05/2018) a Conferência Estadual de Educação da Bahia, que chega à sua terceira edição com grande destaque, apresentando em sua programação palestras e mesas de debate. O Conselho Estadual de Educação (CEE-BA) participa ativamente do encontro, com vários de seus Conselheiros e a presença de sua Presidente, Profa. Dra. Anatércia Ramos Lopes Contreiras, que participou da mesa de abertura (manhã) e foi mediadora da Mesa II: “Planos Decenais e SNE: qualidade, avaliação e regulação das políticas educacionais” (tarde). O Secretário de Educação da Bahia, Walter Pinheiro, também participou do evento, compondo uma mesa de abertura de grande representatividade e que ainda contou, dentre outros, com o Coordenador do Fórum Estadual de Educação da Bahia (FEEBA), anfitrião do evento, professor Marcius Gomes.

Parte da equipe de colaboradores e realizadores da Conferência Estadual de Educação, evento que mobilizou o estado


                                Outras fotos da Conferência: CLIQUE AQUI. Fotos de Claudionor Júnior.

Fonte: Ascom CEEBA

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.