• Sei
  • Horário Funcionamento Protocolo
  • Rh Bahia
  • banner boas práticas servidor

Notícias

10/04/2019 09:04

Estado assina protocolo com a UNDIME para ampliar apoio aos municípios em ações que visam melhorar a Educação

Salvador está sediando, até esta sexta-feira (12), o XVIII Fórum Estadual da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação da Bahia (UNDIME-BA), que tem como tema "Gestão Municipal: Política de currículo - Formação de professores e o desafio de dizer não à padronização". O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, participou da abertura oficial do evento, na noite de terça-feira (10), representando o governador Rui Costa. Na oportunidade, foi assinado um protocolo de intenções entre o Governo do Estado e a UNDIME-BA, com o objetivo de oferecer assessoria e assistência técnica e formativa aos municípios voltadas a políticas públicas educacionais.

O secretário Jerônimo Rodrigues falou sobre a importância da parceria com os municípios. "As palavras-chave aqui são: regime de colaboração. Nós entendemos que a educação na Bahia é única. Não tem uma educação do Estado e outra do município. Existe a educação dos baianos. Acreditamos que temos uma responsabilidade compartilhada e de colaboração efetiva, com desafios que passam pela parceria na formação continuada de educadores e um sistema de avaliação que possa nos mostrar novos caminhos, para que trilhemos juntos a melhoria do ensino e da aprendizagem no Estado. Por isso, estamos muito animados que esse planejamento da UNDIME-BA possa refletir em boas parcerias com o Governo da Bahia", afirmou.

O presidente da UNDIME Nacional, Alessio Costa, destacou o desempenho da seccional baiana na busca pela articulação e parceria com o Estado e municípios. "Ressalto o importante trabalho desenvolvido pela UNDIME-BA, que vem sendo uma das mais atuantes dos 26 Estados da federação, procurando parcerias e lutando pela educação pública de qualidade. Ficamos também entusiasmados que o secretário Jerônimo Rodrigues seja um educador de fato, pois, com certeza, tem um olhar diferenciado para as questões que estamos buscando nos debates. Nossa obrigação, como está na Constituição Brasileira, é oferecer uma educação pública de qualidade", ressaltou.

Para o presidente da UNDIME-BA, Williams Panfile, o diálogo com o Estado e o comprometimento dos municípios criam grandes perspectivas para a educação na Bahia. "Com o recorde de participação de 230 municípios e mais de 600 gestores e educadores, esta 18ª edição do fórum deixa claro o empenho de todos nesta união de forças para a melhoria da educação. A participação do Estado e de diversos órgãos mostra que este é um espaço democrático de debate e discussões na defesa da educação de qualidade", disse.

A presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE), Anatércia Contreras, falou sobre o tema do fórum. "É fundamental esta discussão sobre o currículo, pois não podemos aceitar uma padronização. Temos que discutir um currículo que contemple a nossa complexidade e a diversidade dos territórios baianos. O conselho também é um parceiro da  UNDIME-BA e temos o maior interesse de criar uma agenda conjunta para fortalecermos processos e pautas que possam assegurar o avanço da educação no Estado", declarou.

Ainda estiveram presentes à abertura representantes do Ministério Público da Bahia (MPB), Tribunais de Contas do Estado (TCE) e do Município (TCM), Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Fórum Estadual de Educação (FEE) e União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME-BA). 


 

Fonte: Secretaria de Educação

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.