• Parecer
  • Sei
  • Horário Funcionamento Protocolo
  • Rh Bahia

CEE/BA

09/10/2019 14:10

Secretaria e Conselho Estadual da Educação dialogam sobre prestação de serviços administrativos nas escolas

A Secretaria da Educação do Estado (SEC) apresentou a proposta de prestação de serviços administrativos, que será implantada de forma piloto em 107 unidades escolares, ao Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE-BA), na terça-feira (8). Com a participação do secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, o encontro teve o objetivo de ouvir e discutir a proposta com os conselheiros, visando aperfeiçoar a iniciativa. A medida estabelece a contratação de profissionais e o ajustamento da infraestrutura e de serviços, por meio de Organizações Sociais (OS).

O secretário Jerônimo Rodrigues explicou que a parceria vai manter a autonomia dos gestores escolares. “O que está posto para a OS é a prestação de serviço para assegurar o apoio administrativo e a agilização do suporte na manutenção física das escolas. É importante lembrar que os gestores escolares continuarão com suas competências e total autonomia, cabendo a eles definir e coordenar as atividades dentro da escola, em melhores condições para que possam se dedicar às práticas pedagógicas”, afirmou.

O secretário Jerônimo enfatizou a transparência neste processo, reforçando o diálogo com os diferentes atores. “Estamos apresentando o que pretendemos realizar e ouvindo sugestões que possam ser avaliadas para melhorar a proposta. Com muita responsabilidade, estamos discutindo a questão e prontos para tomar decisões, de modo que os nossos professores, servidores e estudantes tenham uma excelente ambiente para as aulas e o fortalecimento do processo de ensino e a aprendizagem”, disse.

O chefe de gabinete, Cezar Lisboa, também falou sobre este momento para a Educação do Estado. “O Governo do Estado vem realizando uma série de ações para requalificar a rede estadual e melhorar a qualidade do ensino. Isto passa, por exemplo, pela realização de concurso público e nomeação de professores e coordenadores pedagógicos; pela formação dos educadores em regime de colaboração com os municípios; inclui a infraestrutura física e também a melhoria dos serviços de apoio nas escolas. É este conjunto de ações que podem contribuir para melhorar o desempenho da nossa educação”, contou.

Para a presidente do CEE-BA, Anatércia Contreras, a apresentação da proposta aos conselheiros mostra a determinação da SEC em dialogar sobre ações de melhoria na educação. “É fundamental este debate em que podemos conhecer e colocar nossas impressões sobre a proposta. Os conselheiros puderam falar livremente sobre o tema e, muitas vezes, não é fácil passar pelo crivo de outras pessoas. Parabenizo a SEC por ter solicitado esse encontro”, ressaltou.

Fonte: Ascom SEC

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.