• Coronavírus

CEE/BA

24/03/2020 16:03

Conselho Estadual de Educação da Bahia elege nova presidência para o biênio 2020-2022

Os conselheiros Paulo Gabriel Soledade Nacif e Roberto Gondim Pires são eleitos presidente e vice-presidente, respectivamente, do Conselho Estadual de Educação da Bahia (CEE/BA) para o biênio 2020-2022. A eleição aconteceu na manhã desta terça-feira, 24 de março de 2020, de forma online, com 19 votos dos 24 conselheiros.

A presidente da Comissão Eleitoral, Susana Couto Pimentel, anunciou o resultado, oficialmente, na 1501ª Sessão do Conselho Pleno, realizada também nesta terça-feira (24), por videoconferência. A Conselheira parabenizou a equipe técnica envolvida no processo eleitoral, sendo a primeira eleição online em 177 anos, ainda que por causa do isolamento social de contenção do Coronavírus (COVID-19). “Em nome da Comissão Eleitoral, oficializo o resultado de 19 votos a favor, cinco contra e nenhuma abstenção. Agradeço à presidência por assegurar que a eleição acontecesse dessa forma e com essa lisura”, informou Suzana.

A atual presidente Anatércia Contreiras parabenizou os eleitos e se colocou à disposição para o período de transição. “O resultado da eleição está homologado e proclamado. Desejo sucesso na caminhada e que seja dada continuidade aos trabalhos”, parabenizou Anatércia.

Durante a Sessão Plenária, o novo presidente eleito agradeceu a todo Conselho pela confiança, à presidenta Anatércia por conduzir o momento com maestria e competência, e aos votos dos conselheiros. “A vontade é de uma quebra paradigmática do papel do Conselho Estadual de Educação da Bahia, e vamos realizar todo o esforço necessário para isso. Não há dúvidas que existe a necessidade de estabelecer um novo conceito, tendo autonomia e, ao mesmo tempo, apoiando o secretário da Educação, Jerônimo Rodrigues, neste momento tão difícil, e às forças vinculadas à Educação”, disse Paulo Gabriel, que dedicou a vitória aos estudantes e trabalhadores da educação que estão confinados em suas residências.

“A definição do governador Rui Costa de colocar a Educação como uma prioridade no seu governo ganha vida na liderança do secretário Jerônimo Rodrigues, e o CEE deve compor esse novo cenário da Bahia, atuando dentro das suas atribuições de regulação, normatização   fiscalização e mobilização para que a Educação baiana avance rapidamente”, concluiu o novo presidente Paulo Gabriel.

O novo vice-presidente Roberto Gondim também agradeceu à presidente Anatércia e corroborou com as homenagens do companheiro de chapa diante da vitória. “A pergunta que precisamos responder é como o nosso CEE pode ajudar na melhoria e na modificação da Educação da Bahia. Que tenhamos sabedoria e discernimento para entender o quão importante é o nosso trabalho”, completou.

Em breve, as orientações acerca da cerimônia oficial de posse dos novos presidente e vice-presidente do CEE/BA serão divulgadas.

Paulo Gabriel Soledade Nacif (presidente)

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal da Bahia (1988), concluiu mestrado e o doutorado em Solos pela Universidade Federal de Viçosa (2000). É Professor Titular da UFRB, participa do Observatório Nacional de Inclusão e Diversidade na Educação – DIVERSIFICA e desenvolve estudos nas áreas de “Inclusão e Diversidade na Educação” e Meio Ambiente. Exerceu a função de Assessor da Reitoria da Universidade Federal do Sul da Bahia, foi Secretário de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação (2015-2016), Reitor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2006-2015), Diretor da Escola de Agronomia da UFBA (2003-2006), Chefe do Departamento de Química Agrícola e Solos da Escola de Agronomia da UFBA (2001-2003), Diretor de Meio Ambiente da Prefeitura do Município de Itabuna-BA (1993-1995) e Gerente de Pós-Graduação, Pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação – PROPP da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC (1992-1993). Atuou como presidente da Comissão Nacional de Educação Escolar Indígena – CNEEI (2015-2016), da Comissão Técnica Nacional de Diversidade para Assuntos Relacionados à Educação dos Afro-Brasileiros – CADARA (2015-2016), da Comissão Nacional de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos – CENAEJA (2015-2016) e da Comissão Nacional de Educação do Campo – CONEC (2015-2016). No Conselho Consultivo da Empresa Brasileira de Comunicação – EBC, representou o Ministro da Educação (2015-2016). Participou do Conselho do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação- FNDE (2015-2016), no Conselho Nacional de Meio Ambiente – CONAMA (2015-2016), do Fórum Nacional de Educação – FNE (2015/2016), do Conselho de Notáveis do Prêmio Brasil Agrociência (2013-2014), do Conselho Curador da Fundação Estatal Saúde da Família – FESF-SUS (2009-2012), do Conselho Estadual de Ciência e Tecnologia do Estado da Bahia – CONCITEC (2007- 2010), do Conselho Deliberativo da Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão – FAPEX (2007-2015), atuando como vice-Presidente, do Conselho Deliberativo da Fundação Hansen Bahia (2007-2015), do Conselho Universitário da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia – UFRB (2006-2015), do Conselho Universitário da Universidade Federal da Bahia – UFBA (2003-2006), da Comissão de Relatoria da Proposta de Políticas Afirmativas da Universidade Federal da Bahia – UFBA (2004) e do Conselho Consultivo do Instituto de Estudos Socioambientais da Bahia – IESB (2000-2006), ambos como Presidente.

Roberto Gondim Pires (vice-presidente)

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal da Bahia (1994), é especialista em Metodologia do ensino da Educação Física pela UESB, fez mestrado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2001) e Doutorado em Educação: Gestão e Política da Educação pela UFBA (2007). Possui livro de sua autoria na área de História de Educação Física na Bahia. É avaliador Institucional do INEP para avaliação in loco de Cursos e de Instituição de Ensino Superior. Professor Pleno da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, instituição que exerceu por três vezes o cargo de Coordenador do Colegiado do Curso de Educação Física e de Diretor do Departamento de Saúde. Membro do grupo de pesquisa CORPORHIS: Corpo, história e cultura, cadastrado no diretório de grupos de pesquisa do CNPQ, atuando principalmente nos seguintes temas: história, educação física, esporte, desenvolvimento da educação física e educação física - formação curricular. Exerceu a função de Diretor Regional de Educação com sede na cidade de Jequié entre os anos de 2007 a 2011, foi Secretário Municipal de Educação em Jequié entre os anos 2017 e 2018 e nesse período foi Diretor da UNDIME. Atualmente é Conselheiro Estadual de Educação da Bahia, com assento na Câmara de Educação Superior.

Fonte: Núcleo de Comunicação e Modernização - NCM/CEE

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.