• Parecer
  • Sei
  • Horário Funcionamento Protocolo
  • Rh Bahia

CEE/BA

26/11/2019 18:11

Caravana com educadores inicia trajetória pela Bahia para difundir legado de Anísio Teixeira

A Caravana Anísio Teixeira chega, nesta quarta-feira (27), às 8h, no município de Jequié, onde será recepcionada no Auditório da Universidade do Sudoeste da Bahia (UESB). O ato inaugural, que marcou a saída da caravana pela Bahia, foi realizado na tarde desta terça-feira (26), na Secretaria da Educação do Estado, em Salvador, e contou com a presença de educadores, além de dirigentes do órgão. A iniciativa, que faz parte do projeto “2020: Ano Anísio Teixeira”, tem o objetivo de resgatar a memória e celebrar o legado deste que foi um dos maiores educadores brasileiros de todos os tempos. Nesta primeira etapa, a caravana ainda passará pelos municípios de Vitória da Conquista e Caetité, cidade natal do educador.

A filha de Anísio, Anna Christina Teixeira, ou Babi como gosta de ser chamada, veio do Rio de Janeiro, onde mora, para participar das ações da Caravana. Na SEC, ela falou da emoção da família com este projeto. “Eu fico muito comovida quando há grandes homenagens, porque sei da importância que ele possui para a educação brasileira, mas também pela sua personalidade muito simples e que vivia para trabalhar. Meu pai era um homem comum, porém teve uma cabeça privilegiada e pode levar adiante esta obra monumental que inclui a escola pública para todos, de dar oportunidade para ricos e pobres, negros e brancos e de todas as religiões”, contou.

O subsecretário da Educação do Estado, Danilo Souza, que representou o secretário Jerônimo Rodrigues,  falou da importância de valorizar o legado de Anísio Teixeira. “O legado de Anísio é universal. Um pensador e formulador de políticas na área da Educação e no aspecto social. No século XX, junto com Darcy Ribeiro e Paulo Freire, temos um dos maiores pensadores na questão da infância, da juventude e da cidadania no país. É um momento da Bahia e do Brasil abraçarem, novamente, este importante intelectual que nos deixou um trabalho significativo de uma educação que transforma”, destacou.

Para o coordenador da Caravana Anísio Teixeira, Naomar Almeida Filho, a iniciativa vai reacender o interesse pelo trabalho do educador que lutava pela educação de qualidade para todos. “Anísio acreditava que a educação era o direito mais fundamental, porque isto faz com que as pessoas sejam capazes de garantir a sua cidadania. E este pensamento no Brasil, que hoje passa por uma crise social e política seríssima, é muito precioso. Por isso, precisamos fazer todo o esforço para retomar esta linha do pensamento”, disse.

De acordo com a presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE-BA), Anatércia Contreiras, a caravana tem a proposta de repensar a educação. “Estamos vivendo um momento de pensar para refazer a educação à luz do que preconizou Anísio Teixeira. Se ele conseguiu há décadas propor um projeto de educação que colocou em prática  experiências como a Escola Parque, que é uma realidade, então é possível fazermos também dando visibilidade a essas ideias”, afirmou.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.